Jan Saudek e Vinicius de Moraes Sábado, Maio 30 2009 

subamos

Os Acrobatas – Vinicius de Moraes

Subamos!

Subamos acima

Subamos além, subamos

Acima do além, subamos!

Com a posse física dos braços

Inelutavelmente galgaremos

O grande mar de estrelas

Através de milênios de luz.

 

Subamos!

Como dois atletas

O rosto petrificado

No pálido sorriso de esforço

Subamos acima

Com a posse física dos braços

E os músculos desmesurados

Na calma convulsa da ascensão.

 

Oh, acima

Mais longe que tudo

Além, mais longe que tudo

Além, mais longe que acima do além!

Como dois acrobatas

Subamos, lentíssimos

Lá onde o infinito

De tão infinito

Nem mais o nome tem

Subamos!

 

Tensos

Pela corda luminosa

Que pende invisível

E cujos nós são astros

Queimando nas mãos

Subamos à tona

Do grande mar de estrelas

Onde dorme a noite

Subamos!

 

Tu e eu, herméticos

As nádegas duras

A carótida nodosa

Na fibra do pescoço

Os pés agudos em ponta.

 

Como no espasmo.

 

E quando

Lá, encima

Além, mais longe que acima do além

Adiante do véu de Betelgeuse

Depois do país de Altair

Sobre o cérebro de Deus

 

Num último impulso

Libertados de espírito

Despojados de carne

Nós nos possuiremos.

 

E morreremos

Morreremos alto, imensamente

IMENSAMENTE ALTO.

Pão de Açúcar Segunda-feira, Maio 25 2009 

Pão de açúcar no sábado…Tirei lindas fotos..Vontade de “Noites Cariocas”DSC01278

Cena III Segunda-feira, Maio 18 2009 

Valére Novarina – Vocês que habitam o tempo – Tradução Angela Leite Lopesimg04

“Se aqueles que passam na nossa frente voltassem para trás, nós passaríamos imediatamente na frente deles para ver se nada caiu.

As Crianças Parietais: Interroguemos nossos corpos e preguntemos a eles enquanto eles pensam se eles são realmente aqueles que nos carregam pra viver.

As Crianças Parietais – Interroguemos nossos corpos e perguntemos a eles se dizem que são. Se não responderem a nossas perguntas com nenhuma palavra, olhemos dentro para ver se cá estamos.

As Crianças Parietais – Nós examinamos o presente humano. Nós somos nós os homens, nós olhamos nos corpos uns dos outros para ver se ali estamos. estamos aqui como doutores que examinam por palavra o momento onde nós estamos. Nós nos vemos uns aos outros pelos buracos das pedrinhas

[…]

As Crianças Parientais – Examino o presente humano para ver se ele é mesmo. Cada dia, durante uma hora, tomando meu tempo entre os dentes, eu examino todos os segmentos dele. Por que a palavra fala em nós?

[…]”

Sexta-feira, Maio 15 2009 

 Jan Saudek

"A fotografia de jesus" (ou algo do tipo)
“A fotografia de jesus” (ou algo do tipo)
 Me apaixonei por Saudek

“Nenhum caminho para o Paraíso” Quinta-feira, Maio 14 2009 

Roupa Ìntima Rococó

Roupa Ìntima Rococó

 

Bom.. Estou iniciando nesse mundo bloguístico..Postei a foto da minha primeira etapa do trabalho final de corte e montagem.  Apresento-lhes a roupa íntima mais fofa e recatada..

Hello world! Quinta-feira, Maio 14 2009 

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!