Saudek e Drummond Quarta-feira, Nov 18 2009 

Casamento do Céu e do Inferno

No azul do céu de metileno
A lua irônica
diurética
é uma gravura de sala de jantar.

Anjos da guarda em expedição noturna
velam sonos púberes 
espantandos mosquitos
de cortinados e grinaldas.

Pela escada em espirasl
diz-que tem virgens tresmalhadas, 
incorporadas à via láctea,
vaga-lumeando...

Por uma frincha
o diabo espreita com o ôlho torto.

Diabo tem uma luneta
que varre léguas de sete léguas
e tem ouvido fino
que nem violino.

São Pedro dorme
e o relógio do céu ronca mecânico.

Diabo espreita por uma frincha.

Lá embaixo
suspiram bocas machucadas.
Suspiram rezas? Suspiram manso.
de amor.

E os corpos enrolados
ficam mais enrolados ainda
e a carne penetra na carne.

Que a vontade de Deus se cumpra!
Tirante Laura e talvez Beatriz,
o resto vai para o inferno.

Carlos Drummond de Andrade 



Anúncios

Slava’s Snowshow Terça-feira, Nov 10 2009 

“Sei que é doloroso um palhaço
se afastar do palco por alguém
volta que a platéia te reclama
sei que choras palhaço
por alguem que não te ama
enxuga os olhos teus
me dá um abraço
não te esqueças que és um palhaço
faça a platéia gargalhar
um palhaço não deve chorar”

Nelson Cavaquinhoslavas-snow-show